Para melhorar a performance de sua empresa, como um todo ou de um departamento específico, através da redução de custos operacionais e do tempo gasto com tarefas burocráticas ou administrativas relacionadas a contratos. 

Assim, evita-se grandes prejuízos, como por exemplo a perda de prazos para renovação contratual ou de rescisão, acaba-se com o extravio de documentos e encurta-se o tempo necessário para concluir uma contratação. É possível identificar gargalos internos e viabiliza ao gestor uma visão completa do fluxo interno de processos relacionados a contratos jurídicos.

Fizemos um checklist para ver se sua organização precisa ou não de uma gestão de contratos automatizada e descomplicada:

  1. Todos os seus contratos estão na mesma base de dados?
  2. Você tem uma planilha para controle de prazos de vigência e encerramento?
  3. Os modelos de contratos estão fáceis de acessar e compatíveis com as os acordos atuais propostos?
  4. Todos da sua equipe tem acesso aos contratos?
  5. Há um banco de dados para armazenar dados dos principais signatários da empresa? Assim como fornecedores, colaboradores e outros prestadores de serviço?
  6. Quais contratos estão assinados, e quais você deve solicitar assinatura? (Neste ponto, vale lembrar que o processo de assinatura digital, além  de ter validade jurídica, e pode trazer economia para sua gestão e agilidade no seu processo).
  7. Por fim, quais contratos geram receita mensalmente? (Dica Contraktor: olhe para esse tipo de informação com cuidado, pois os valores não atendidos podem ocasionar multas e rescisões indesejadas)


Encontrou sua resposta?